CadÚnico – Como Fazer Seu Cadastro

O Cadastro Único, ou simplesmente CadÚnico, é um cadastro brasileiro característico que reflete os índices de pobreza e extrema pobreza no país.

Através dele, o Governo quota e quantifica benefícios essenciais para os realmente necessitados e os distribui de acordo com um calendário em folha, geralmente seguido pela Caixa Econômica Federal.

No entanto, mesmo sendo muito associado ao repasse de renda proveniente do Governo Federal – em programas como o Bolsa Família, por exemplo – ele agora surge como um pré-requisito importante em tempos de crise para aqueles sem renda fixada.

Além de garantir segurança através do CoronaVoucher, posteriormente o cadastro poderá ser utilizado normalmente para garantir outros benefícios como:

  • A Tarifa Social de Energia Elétrica; ou
  • O Programa Minha Casa, Minha Vida.

No entanto, para continuar com o cadastro ativo no período pós-crise, será necessário fazer declarações ou ir a um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo.

O que é o CadÚnico?

Cadastro Único - CadÚnico 2020: Como consultar e se inscrever ...
CadÚnico – Como Fazer Seu Cadastro (Foto: Reprodução)

Para aqueles que só ouviram falar sobre o CadÚnico perto da data da divulgação do Auxílio Emergencial, é melhor se atualizarem um pouquinho.

O CadÚnico é um registro governamental das famílias de baixa renda classificadas em situação de pobreza e extrema pobreza.

Através dele, o Governo tem acesso a informações confidenciais dos cadastrados como:

  • Número de familiares;
  • Escolaridade;
  • Renda mínima por pessoa ou bruta familiar total;
  • Tipo de residência; e
  • Tipo de trabalho executado – ou não – pelos chefes da família.

Com essas informações, o Governo seleciona e dá opções de participação nos chamados Programas Sociais, os quais visam inclusão destes indivíduos em sociedade.

No entanto, só ter o cadastro não qualifica ninguém para o recebimento de algum benefício e tão pouco ele é repassado de maneira automática.

Geralmente, depois de criado o cadastro, este vai para análise. Se aceito, serão oferecidas algumas opções de acordo com a realidade de cada um e o responsável pelo cadastro deverá oficializar no CRAS.

Por que é importante ter o meu CadÚnico agora?

CadÚnico - Como se inscrever no Cadastro Único do governo federal
CadÚnico – Como Fazer Seu Cadastro (Foto: Reprodução)

Na última semana, o Governo anunciou o início dos pagamentos do famoso Auxílio Emergencial ou CoronaVoucher.

Isto é: uma quantia foi disponibilizada para suprir a necessidade de grupos de trabalhadores autônomos que preenchessem determinados requisitos.

Dentre todos os listados para o recebimento do benefício, o que mais chamou a atenção foi a presença de um CadÚnico.

Embora ele não fosse obrigatório e demandasse apenas uma das opções de escolha, sua citação foi suficiente para lotar os servidores e incitar milhões de cadastros nos últimos dias.

Em resposta, o Governo disse em nota que o CadÚnico seria utilizado de referência para a aprovação do benefício apenas se tivesse sido criado até 20 de março de 2020.

No entanto, ainda assim a quantidade dos cadastros não diminuiu e novos critérios foram revisados para alcançar parcelas populacionais específicas, principalmente aquelas sem vínculo com o Governo.

Sendo assim, a proposta da criação de um CadÚnico agora se torna favorável em virtude de dois fatores importantes:

  1. Pode facilitar a análise e a aprovação para o recebimento do auxílio emergencial; e
  2. Pode ser favorável posteriormente se você se qualificar para alguns benefícios ligados à ele (como desconto ou isenção da conta de energia ou na compra de imóveis, por exemplo);

Quais os requisitos e vantagens?

Levantamento de requisitos para BI: uma questão de seguir o ...
CadÚnico – Como Fazer Seu Cadastro (Foto: Reprodução)

Primeiramente, para ter acesso ao cadastro no CadÚnico, é necessário que as pessoas da família ganhem um mínimo de meio salário mínimo mensal e a renda familiar bruta chegue a um máximo de 3 salários.

Se esse for o seu caso, provavelmente você terá acesso a benefícios e participação de projetos como:

  • Programa Bolsa Família;
  • Minha Casa, Minha Vida;
  • Bolsa Verde;
  • Programa de Erradicação do Trabalho Infantil;
  • Carteira do Idoso;
  • Aposentadoria para pessoa de baixa renda;
  • Programa Brasil Carinhoso;
  • Programa de Cisternas;
  • Telefone Popular;
  • Carta Social;
  • Pro Jovem Adolescente;
  • Tarifa Social de Energia Elétrica;
  • Passe Livre; e
  • Isenção de Taxas em Concursos Públicos.

No entanto, é necessário atentar para o seguinte: comprovações podem ser necessárias e você pode ser chamado ao CRAS.

Apenas uma declaração pode não ser o suficiente e, em alguns casos, alguns documentos adicionais podem ser solicitados.

Como faço meu CadÚnico?

Saiba Como Emitir o Comprovante de Cadastro CadÚnico - Cnd Federal
CadÚnico – Como Fazer Seu Cadastro (Foto: Reprodução)

Geralmente, assim como acontece com Unidades Básicas de Saúde e seus Agentes, é trabalho do município promover visitas e realizar os cadastros.

No entanto, se por alguma razão isso não aconteça ou o processo seja inviabilizado, a família interessada deverá ir ao CRAS mais próximo portando pelo menos um documento de cada membro da família que deseja cadastrar, os quais podem ser:

  • Certidão de Nascimento ou Casamento;
  • Carteira de Identidade (RG);
  • CPF;
  • Carteira de Trabalho; ou
  • Título de Eleitor.

Além disso, é necessário ter em mãos um comprovante de residência válido e a pessoa que realizará o cadastro deve:

  • Ser maior de 16 anos;
  • Fazer parte da mesma família;
  • Morar na mesma casa;
  • Se mulher, portar CPF e título de eleitor.

No CRAS, o cadastro será efetuado com essas informações e, depois disso, é só esperar a análise.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *