IPTU 2022 – Como consultar

O Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana ou Imposto Predial e Territorial Urbano –  IPTU 2022 é um dos muitos tributos brasileiros. Vale ressaltar que o pagamento é obrigatório para todos os proprietários ou inquilinos de casas, prédios ou estabelecimentos comerciais nas cidades.

Continue lendo para saber mais detalhes sobre o pagamento do IPTU 2022.

Como funciona o pagamento do IPTU?

Tenha em mente que o Imposto Predial e Territorial Urbano é calculado de acordo com o valor venal do imóvel, que significa o mesmo que o preço da propriedade estabelecido pelo poder público.

Para realizar o cálculo, é aplicado alíquotas, descontos ou acréscimos definidos por municípios.

É importante frisar que o valor do IPTU 2022 possivelmente será diferente dos anos anteriores, pois é feito um reajuste.

Outro ponto importante é que o IPTU pode ser pago à vista, no início do ano, ou parcelado ao longo do ano. Já o número de parcelas vai variar de uma localização para outra.

Para estimular o pagamento à vista, em muitos casos é oferecido descontos no IPTU.

Segundo especialistas, quando possível, vale mais a pena realizar o pagamento do IPTU em cota única, pois isso fará com que a dívida deixe de ser um problema por mais tempo e ainda terá o benefício dos descontos.

Cálculo do IPTU 2022

Como já mencionamos, o cálculo do IPTU 2022 vai mudar de contribuinte para contribuinte, pois valor final leva em consideração alguns pontos como:

  • Tamanho do imóvel
  • Tempo da construção
  • Valorização do imóvel
  • Valorização da região em que o imóvel esteja localizado

Para calcular o valor do IPTU do imóvel a conta é simples, mas é preciso ter em mãos algumas informações específicas. Tudo o que você precisa fazer é jogar as informações na fórmula abaixo:

IPTU = (m² de área efetivamente construída X valor do m² da região) X alíquota do imóvel.

Ou seja, se você tem um imóvel no valor de R$400.000,00 aplicando a alíquota de 0,55%, o valor do seu IPTU será de R$2.200,00, que poderá ser pago à vista com o benefício do desconto que é fornecido pela prefeitura ou de forma parcelada.

Quem tem direito a isenção do IPTU em 2022?

Da mesma forma como as alíquotas do IPTU 2022 são diferentes, as regras de isenção variam de cidade para cidade. Para ter acesso a informação exata, nossa dica é buscar pelo portal oficial da sua prefeitura.

Em algumas cidades, por exemplo, os aposentados ou pensionistas do INSS que percebem até 02 (dois) salários mínimos e seja proprietários de um único imóvel não precisam realizar o pagamento do IPTU.

Usando como exemplo o pagamento do IPTU de São Paulo, ficam isentos de pagar o imposto:

  • Aposentado ou pensionista, bem como de beneficiário de renda mensal vitalícia paga pelo Instituto Nacional de Seguridade Social e de beneficiário do Programa de Amparo Social ao Idoso
  • Templos religiosos
  • Entidades culturais
  • Sociedades Amigos de Bairros
  • Agremiações Desportivas
  • Teatros e espaços culturais
  • Os imóveis integrantes do patrimônio da Associação dos ex-combatentes do Brasil
  • A moradia de propriedade de ex-combatente e/ou viúva dos soldados que combateram na 2ª Guerra Mundial
  • Imóveis construídos utilizados exclusiva ou predominantemente como residência, de tipo horizontal ou vertical e de padrões baixo a médio, cujo valor venal seja igual ou inferior a R$ 160.000,00
  • Também estão isentos do IPTU os demais imóveis construídos, exceto vagas de garagem, prédios de garagem e estacionamentos comerciais, cujo valor venal em 2019 seja igual ou inferior a R$ 90.000,00

Como consultar o IPTU 2022

Agora que você já sabe as principais informações sobre o IPTU 2022, chegou o momento de aprender a consultar e ter acesso a guia de pagamento do imposto.

Em algumas cidades o boleto do IPTU é enviado pelos Correios. Mas em outras, é preciso acessá-lo pela internet.

Utilizando como exemplo a consulta do IPTU 2021 Rio de Janeiro, veja o passo a passo para emitir boleto do imposto:

  • Acesse o site da Prefeitura do Rio de Janeiro (clicando aqui)
  • Clique no ícone “IPTU”, presente no menu principal;
  • Escolha a opção “emissão de segunda via”;
  • Insira a inscrição imobiliária e exercício (ano do IPTU – nesse caso, 2021);
  • Opte entre pagamento em cota única ou parcelado;
  • Digite o código de segurança gerado pelo site automaticamente;
  • Clique em “consultar”
  • Pronto

Agora basta repetir o processo no site da prefeitura da sua cidade.

Gostou das dicas? Deixe o seu comentário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *