IPTU 2023 – Como consultar

Todo início de ano, é comum que os brasileiros se deparam com uma série de impostos e taxas a serem pagos. Entre os mais comuns, temos o IPTU – destinado a cobrança de imóveis urbanos. Sendo um tributo obrigatório, o pagamento do IPTU é essencial para manter em dia a regularização do seu imóvel.

Sendo um tributo municipal, o recolhimento do IPTU é fundamental para manter a sua cidade em ordem. Isso porque o valor arrecadado é convertido em obras e outros benefícios municipais. Além disso, em algumas cidades, o pagamento do IPTU também isenta o cidadão de outras cobranças regulares.

Dessa forma, vamos te mostrar como consultar o IPTU 2023, como é feito o cálculo e quais são as formas mais comuns de pagamento. Além disso, veja também como solicitar a 2º via do seu boleto atrasado. Confira!

O que é IPTU?

O Imposto Predial e Territorial Urbano, ou simplesmente IPTU, é um tributo municipal cobrado a todo imóvel urbano. Assim, ele funciona para casas, apartamentos, salas comerciais, negócios, além de qualquer outro tipo de imóvel que esteja situado numa área urbanizada. 

Como mencionado, o IPTU é uma cobrança municipal, por isso, cada prefeitura tem autonomia para escolher o modelo de cobrança. Além disso, o valor não é fixo, pois depende do valor do imóvel, sua avaliação e até mesmo a localização.

No caso de imóveis alugados,  normalmente a responsabilidade de pagamento do IPTU continua sendo do proprietário. Dessa forma, é essencial pagar o boleto do imposto para evitar multas com as prefeituras ou eventuais problemas tributários.

Por outro lado, caso haja alguma cláusula no contrato de aluguel, o locatário também poderá efetuar o pagamento do imposto. Em ambos os casos, o valor retido fica com a prefeitura, e normalmente é usado em obras ou programas para beneficiar toda a cidade.

Qual é o valor do IPTU 2023?

Se você nunca pagou o IPTU, é necessário entender que o valor final do imposto depende do tipo de imóvel. Para chegar neste cálculo, a prefeitura da sua cidade usará uma tabela chamada “Planta Genérica de Valores”.

É através desse documento que a secretaria municipal identifica o valor de mercado do seu imóvel. Para isso, eles consideram o preço por m². Para ter acesso a planilha, é necessário acessar o site da prefeitura da sua cidade e conferir o seu tipo de imóvel. 

Como calcular o IPTU 2023?

Na prática, o valor do IPTU varia de cada casa. Isso porque, para calcular o valor final, é avaliado os seguintes pontos:

  • Tempo de construção do imóvel;
  • Tamanho do imóvel;
  • Valorização da região do imóvel;
  • Valorização do imóvel.

Caso você não queira esperar o cálculo da prefeitura, é possível fazê-lo por conta própria. Para isso, basta utilizar a fórmula abaixo:

  • IPTU = (m² de área construída X valor do m² da região) X alíquota do imóvel.

Por exemplo, caso você tenha um imóvel avaliado em R$300.000,00, em uma alíquota de 0,65%, você terá um IPTU de R$1.950,00. Sendo assim, é possível pagar o valor à vista ou parcelado. Eventualmente, as prefeituras concedem descontos para pagamento, mas isso varia da sua região.

Além disso, é importante mencionar que o valor da alíquota também é variável. Ele é definido anualmente pela câmara dos vereadores, e avalia critérios como inflação e valorização dos imóveis. Sendo assim, é necessário conferir o valor no site da prefeitura da sua cidade para conseguir realizar o cálculo. 

Como pagar o IPTU 2023?

A princípio, vale citar que assim como o cálculo, o pagamento do IPTU 2023 também depende da organização de cada prefeitura. Isso porque elas possuem autonomia para liberar formas de pagamento variadas.

Além disso, a maioria dos municípios brasileiros liberam descontos para pagamento do imposto. Em alguns casos, se houver pagamento à vista, é liberado 7% de desconto no valor final.

Por outro lado, é comum o parcelamento do pagamento do IPTU. Na maioria das cidades, o valor é parcelado em até dez vezes. Contudo, alguns municípios já liberam o pagamento em até doze vezes.

Como consultar a guia de pagamento do IPTU 2023?

Se você não recebeu o seu guia de pagamento em casa, é possível consultar a águia de pagamento online. Para isso, é necessário que você acesse o site da prefeitura da sua cidade. Inclusive, tenha em mãos o CPF do titular do IPTU, além do número de registro do imóvel.

Embora não exista um procedimento padrão para acesso da guia de pagamento, o passo a passo costuma ser bem parecido, confira:

  • Primeiramente, acesse o site da prefeitura da sua cidade;
  • Em seguida, acesse a aba de finanças;
  • Depois, clique na opção “IPTU e Taxas”;
  • Digite o número de registro do seu imóvel
  • Seleciona se deseja pagar a vista ou parcelado;
  • Por fim, preencha o código de verificação e clique em “Emitir DAM”.

Atualmente, além do pagamento por boleto, também é possível pagar o IPTU por QR Code ou Pix. Portanto, consulte a prefeitura da sua cidade para tais opções.

Como consultar a 2ª via do boleto do IPTU?

Se você perdeu a guia de pagamento do IPTU 2023, ou quer pagar boletos atrasados, é possível solicitar a 2º via de pagamento facilmente. Para isso, basta seguir o passo a passo citado acima, pois ele também serve para estes casos.

Quem pode solicitar a isenção do IPTU 2023?

Apesar do IPTU ser um imposto municipal obrigatório, existem alguns grupos que são isentos da cobrança. Entre eles, temos beneficiários com renda mensal vitalícia do INSS, além dos beneficiários do Programa de Amparo Social do Idoso.

Além disso, alguns instituições e/ou casos também são isentos do pagamento, sendo eles:

  • Entidades ou centros culturais;
  • Templos religiosos;
  • Sociedades Amigos de Bairros;
  • Agremiações Desportivas.
  • Imóveis residenciais, horizontais ou verticais, de baixo padrão;
  • Espaços culturais (teatros, cinemas públicos);
  • Imóveis pertencentes à Associação dos ex-combatentes do Brasil
  • Imóveis de ex-combatente e/ou viúva dos soldados que combateram na 2ª Guerra Mundial.

Além disso, imóveis cujo valor valor seja inferior a R$90.000,00 (exceto vagas de garagem), também ficam isentos do IPTU 2023.

Por fim, vale citar que o pagamento do IPTU é essencial para manter a sua seguridade em dia com o município. Portanto, não deixe de pagar esse tributo tão importante para sua cidade. 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *