Seguro Desemprego – Como dar entrada

Quer saber como dar entrada no seu Seguro Desemprego? Antes de mais nada, em momentos de crise, infelizmente é normal as empresas optarem por parte de seus funcionários para ter um alívio financeiro.

Sendo assim, os trabalhadores demitidos sem justa causa tem direito a um auxílio do governo, chamado Seguro-Desemprego.

Caso você se enquadre nos requisitos necessários para receber o auxílio, este post é para você! Continue essa leitura para saber mais!

Quem tem direito a receber o Seguro Desemprego?

Primeiramente, para ter direito ao Seguro-Desemprego, você deve se enquadrar nos seguintes requisitos:

  • Haver sido dispensado (demitido) sem justa causa;
  • Comprovar que está desempregado, na hora do requerimento do benefício;
  • Não receber nenhuma categoria de benefício da Previdência Social, exceto Pensão por Morte ou Auxílio Acidente;
  • Não ter renda própria para o próprio sustento e da família;
  • Ter recebido salário do seu empregador:
    • pelo menos 12 meses nos últimos 18 meses imediatamente anteriores à data de dispensa, do momento da primeira solicitação;
    • por 9 meses nos últimos 12 meses imediatamente anteriores à data de dispensa, na segunda solicitação;
    • ou então, a cada um dos 6 meses imediatamente anteriores à data de dispensa, nas demais solicitações;
  • Comprovar 15 meses de trabalho com carteira assinada durante os últimos 2 anos, no caso dos empregados rurais;
  • Por fim, não ser sócio ou membro com participação nos lucros da empresa.

Ou seja, são vários requisitos e você precisa prestar atenção em todos eles para ver se tem direito ao benefício.

Como dar entrada no Seguro Desemprego: passo a passo pela Internet

Antes de mais nada, é necessário saber que a solicitação do Seguro Desemprego pode ser feita de duas formas:

  • Primeiro, você liga para o telefone 158 para agendar uma visita presencial para a Superintendência Regional do Trabalho mais perto da sua casa.
  • Ou então, fazendo a solicitação online.

Dessa maneira, o primeiro caso é o método convencional.

Então, se você prefere fazer a solicitação presencialmente, basta ligar para o telefone 158 e agendar o seu horário.

Porém, agora temos passo a passo para fazer a solicitação online:

  • Comece acessando o site do Emprega Brasil e se cadastrar no site. Clique no botão “Cadastrar” no canto superior direito.
  • Clique em “Entrar com gov.br”.
  • Digite o seu CPF e depois a sua senha.
  • Se você não tem cadastro no gov.br, digite o seu CPF e depois você será redirecionado para criar uma senha.
  • Então, você deve clicar em “Seguro-Desemprego” e depois em “Solicitar Seguro-Desemprego”:
  • Depois é preciso fornecer o número de requerimento de Seguro-Desemprego que é dado pelo seu antigo empregador.
  • Mais uma vez você deve preencher informações com seus dados pessoais e profissionais.
  • Esse é o mesmo formulário que você preencheria caso fosse pessoalmente a alguma agência do Ministério do Trabalho.
  • Além disso, serão sugeridas vagas de trabalho que combinam com o seu perfil profissional e também cursos de qualificação para melhorar o seu currículo;
  • Caso tenha interesse em algo, inscreva-se nesses cursos ou se candidate às vagas de emprego.
  • Confirme o desejo de receber o Seguro-Desemprego.
  • Por fim, você já fez a solicitação do benefício!

Outro ponto fundamental é que você começa a receber a primeira parcela do Seguro-Desemprego na semana seguinte à solicitação.

Uma última informação relevante para você sobre o cadastro: dá para fazer todo esse processo de solicitação do Seguro-Desemprego pelo celular, através do aplicativo da Carteira de Trabalho Digital (iOS e Android).

Documentos necessários para o atendimento presencial

Se você optou pelo atendimento convencional, é necessário ir em uma das agências da Superintendência Regional do Trabalho para apresentar documentação que comprova o seu direito ao Seguro-Desemprego.

Assim, na data marcada, você deve tem em mãos alguns comprovantes de todos os seus vínculos de trabalho e outros documentos essenciais para comprovar o seu direito ao Seguro-Desemprego.

Lembrando que esse procedimento é realizado para evitar fraudes, então tenha tudo certo com você para não ter maiores problemas no momento de receber o benefício.

Além disso a documentação que você deve levar são os seguintes:

  • Documento de identificação;
  • CPF;
  • Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho;
  • Carteira de Trabalho;
  • Cartão PIS/PASEP ou informações referentes ao extrato;
  • Guia do Seguro-Desemprego.

Levando estes documentos (e cumprindo os requisitos mencionados no primeiro tópico), não tem erro, você vai receber o direito ao Seguro Desemprego.

Conclusão

Pronto, agora você já sabe como solicitar o seu Seguro Desemprego. Viu como esse é um processo muito simples e rápido?

Você pode escolher ir pessoalmente solicitar o benefício, após solicitar agendamento pelo telefone 158, ou então fazer de maneira totalmente online.

Então, o que você achou sobre o passo a passo de como pedir o Seguro Desemprego? Deixe nos comentários.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.