Recadastramento para Aposentados 2018

Ainda não fez o recadastramento para aposentados 2018? Então, você deve se apressar, pois quem não realiza o procedimento obrigatório pode ter problemas na hora de receber seu benefício. Para saber como efetuar o processo basta acompanhar as dicas que vamos passar a seguir!

prova de vida INSS
Recadastramento para Aposentados 2018 (Foto: Freepik)

O recadastramento do INSS acontece todos os anos, servindo como uma forma de comprovar que a pessoa que recebe o benefício está viva. Dessa maneira, é possível evitar uma série de fraudes, como parentes de beneficiários falecidos que continuam a usufruir do dinheiro sem ter direito a ele.

A prova de vida do INSS, como o procedimento também é chamado, inclui aposentados e pensionistas que recebem por conta corrente, conta poupança ou cartão magnético. Até mesmo os segurados que residem no exterior precisam realizar o recadastramento.

Como fazer a comprovação de vida

O prazo para recadastramento de aposentados 2018 já terminou. Mas quem ainda não realizou a prova de vida ainda pode fazê-la. Conforme dados recentes divulgados pelo Instituto Nacional do Seguro Social, muitos beneficiários ainda estão com o processo pendente.

Se você é um deles, basta ir ao banco onde recebe a sua aposentadoria ou pensão e procurar o setor de atendimento, informando que deseja fazer recadastramento do INSS 2018. Para tanto, é preciso apresentar um documento oficial de identificação com foto (pode ser a carteira de identidade, a CNH ou a carteira de trabalho, por exemplo).

recadastramento aposentado como fazer
O recadastramento é feito no banco onde você recebe o benefício (Foto: Freepik)

Em alguns bancos, é possível fazer a comprovação de vida nos terminais de autoatendimento, serviço disponível nas instituições financeiras que contam com o sistema de biometria. Neste caso, o próprio segurado realiza o procedimento, mas se houver dúvidas basta solicitar a ajuda de um atendente.

Já o recadastramento para aposentados que moram no exterior ocorre por meio do Formulário Específico de Atestado de Vida para o INSS, documento encontrado no site do INSS e também na página da Repartição Consular Brasileira. Esse formulário deve ser assinado na presença de um notário público local, que fará o reconhecimento da assinatura.

Recadastramento por procuração

Os segurados que não puderem comparecer ao banco para realizar o recadastramento do INSS por motivo de doença ou dificuldade de se locomover têm a opção de efetuar o procedimento através de um procurador cadastrado no órgão, alternativa também oferecida aos aposentados e pensionistas residentes em outros países.

recadastramento INSS por procuração
A prova de vida por procuração é outra alternativa (Foto: Freepik)

Para fazer a prova de vida por procuração é necessário que o procurador compareça a uma agência da Previdência Social, munido da procuração devidamente assinada e do atestado médico emitido nos últimos 30 dias comprovando a impossibilidade de o segurado ir ao local. Também é preciso apresentar os documentos do beneficiário e seu procurador.

Veja o modelo de procuração no site do INSS.

O que acontece com quem não se recadastrar

Quem não faz o recadastramento anual para beneficiários do INSS corre o risco de ter o pagamento da aposentadoria ou pensão suspenso. Caso isso ocorra, basta comparecer ao banco para realizar a comprovação de vida e desbloquear o benefício, seguindo as dicas acima.

Vale lembrar que o desbloqueio do benefício pode ser feito a qualquer momento, mesmo que o prazo para o recadastramento de aposentados tenha expirado.

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *